Prorrogada exposição multimídia no Museu Catavento

Painel Interativo destaca a agricultura de precisão. Em São Paulo, exposição pode ser visitada até 23/06. Foto: divulgação

A cultura de um povo, o desenvolvimento de um país apresenta a evolução e soluções nos setores de Construção, Mobilidade, Agricultura, Energia e Mineração.

A exposição INTEGRA: a cultura de um povo, o desenvolvimento de um país, que exibe a trajetória de cinco setores ligados ao desenvolvimento e a forma como as novas tecnologias exercem impacto na indústria, foi prorrogada. A mostra ficará na cidade até 23/06, no Museu Catavento – museu de ciências da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo. Em julho a exposição multimídia segue para o Rio de Janeiro.

Além da prorrogação, a mostra também traz novos recursos interativos em sua estrutura de cerca de 250 metros quadrados. “A intenção é de que o público possa aprender, se divertir e refletir sobre os segmentos do desenvolvimento do país de forma ainda mais atrativa”, explica Daniel Casadó, Diretor da mostra.

Dividida em cinco seções, a exposição inicia em Fluxos voltada ao setor de transportes. Um painel interativo, projetado no chão, com toda a malha viária brasileira, mostra a evolução e a previsão para o futuro das diversas vias de transporte (rodovia, ferrovia, transporte aéreo ou hidrovia). Uma maquete exibe ainda novas tecnologias aplicadas em estradas inteligentes.

O módulo Campo aborda a produção agrícola brasileira. Mostra a importância econômica e ecológica das florestas plantadas, das quais o Brasil é um importante produtor. Apresenta um aplicativo para demonstrar a agricultura de precisão, que utiliza novas tecnologias para aumentar a produtividades e sustentabilidade dos cultivos agrícolas. Em outro painel interativo, é possível escolher um produto (tomate, batata, café) e saber o que tem mudado em seu cultivo.

Energia, seção iluminada a partir de painéis fotovoltaicos aparentes, traz dados sobre consumo, fontes renováveis e redes elétricas inteligentes. Neste setor fica claro como o País ainda possui potencial para explorar mais alternativas como a energia eólica, por ondas, de fluxo ou fotovoltaica. Maquetes interativas, demonstram o funcionamento dessas matrizes.

No setor Habitat, o destaque fica por conta da engenharia de grandes obras brasileiras, como a Usina de Itaipu, a Ponte Rio Niterói e a Rodovia Imigrantes. Nesse espaço, o público também pode participar de um jogo multiplayer sobre as relações entre infraestrutura, construção e consolidação dos municípios. O objetivo é criar uma cidade, por meio de tecnologias e processos inerentes às cidades inteligentes.

Painéis, mapas, vídeo mapping e realidade virtual podem ser conferidos no núcleo Mineração que apresenta os fluxos de minério no Brasil e no mundo (o que produzimos e o que compramos). Uma projeção mapeada apresenta o processo desde a lavra até o processamento e o transporte do minério.

Ao final, os visitantes utilizam óculos simuladores de realidade virtual para experimentar a sensação de estar no cockpit de máquinas utilizadas na construção e produção dos diversos setores do desenvolvimento abordados na mostra.

Integra é uma mostra patrocinada pela Caterpillar por meio da Lei de Incentivo à Cultura do Governo Federal.

SERVIÇO:
Integra: a cultura de um povo, o desenvolvimento de um país
De terça a domingo, das 9h às 17h (bilheteria fecha às 16h).
Avenida Mercúrio, s/n – Parque Dom Pedro II, Centro, São Paulo – SP
(11) 3315-0051 www.cataventocultural.org.br
A entrada para a exposição é gratuita, mas o acesso ao Museu custa R$ 10 e meia-entrada para estudantes, idosos e pessoas com deficiências. (Gratuito às terças-feiras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *