Geek Kids

As crianças que amam jogar videogame vão aprender a programá-los! São Paulo ganhou neste ano a MadCode, o mais inovador Centro de Ensino de Tecnologia Criativa: Programação, Robótica, Games, Aplicativos e Empreendedorismo para crianças e adolescentes, contando até com uma incubadora de ideias.

Três pais preocupados com a formação de seus filhos e filhas – inspirados pela frase de Steve Jobs: “todos deveriam programar, pois programar te ensina a pensar” – uniram-se para criar o primeiro Centro de Excelência em Tecnologia Criativa. A MadCode nasceu da inquietação de que, no mundo, os jovens aprendem uma nova linguagem: a Tecnologia. Identificada a necessidade de trazer essa oportunidade para os alunos brasileiros, formaram um time composto por doutores em educação e psicólogos, educadores, matemáticos e cientistas da computação, treinadores das equipes brasileiras de robótica competitiva (inclusive ganhadores das medalhas de ouro em campeonatos internacionais), executivos, inclusive da Microsoft, e investidores.

Devido à escassez de conhecimento e conteúdo dedicado nesta área, os idealizadores da MadCode buscaram na fonte – o Vale do Silício – a forma de ensinar. Desenvolveram uma Jornada de Conhecimento, na qual os alunos entram como meros consumidores passivos de tecnologia para se tornarem produtores criativos de suas ideias e soluções inovadoras. Ao invés de simplesmente jogarem o que lhes é vendido, crianças e jovens (de 5 a 17 anos) passam a produzir seus próprios programas, games, aplicativos e até robôs.

Tudo isso de uma maneira divertida, onde o aluno aprende conceitos de Ciências, Matemática e até Engenharia, além de desenvolver habilidades de lógica, abstração, organização e trabalho de equipe e conceitos técnicos de computação como algoritmos, operadores lógico, estruturas condicionais, programação pareada.

O Diretor Pedagógico da MadCode destaca que: “A ampliação do repertório da criança e do adolescente com o aprendizado de uma nova linguagem – a da tecnologia – permite que o jovem enfrente problemas e busque soluções diferentes, inovadoras, alternativas o que favorece o seu desenvolvimento cognitivo, suas habilidades sociais, tolerância a frustração e aumento da sua autoestima. Além disso, a Jornada de Conhecimento da MadCode fomenta o trabalho em grupo e o aprendizado com base em desafios.” E, no mundo em que vivemos, onde até a geladeira conversa na internet, isso será cada vez mais importante para todos, não importa qual carreira seguirá, pois a Tecnologia está presente em todas as áreas.

Não será somente em sala de aula que a MadCode atuará, mas também, por meio da sua Incubadora de Idéias, a versão paulistana da tão famosa Empresa de Garagem californiana. “Vamos abrigar os projetos desenvolvidos pelos alunos que acharmos que resolvem questões reais da comunidade em que vivem”, afirma um dos fundadores, Daniel Cleffi, ex-Microsoft Educação, que hoje se dedica exclusivamente a expansão nacional da MadCode.

Adicionalmente, a MadCode ministra o curso de Empreendedorismo para adolescentes em que prepara os jovens empreendedores a lidar com os conceitos de negócios (financeiro, jurídico, marketing/comercial, entre outros). “É fundamental incentivar o jovem brasileiro a empreender, assumir a responsabilidades de criar algo novo, realizar seus desejos, enfrentar desafios, arriscar para colher. Infelizmente, muitos cursos das universidades brasileiras não instigam o espírito empreendedor.”, destaca um dos fundadores da MadCode.

“Começar a aprender desde cedo não é só um diferencial. Traz um efeito capaz de reordenar a forma como pensamos. O resultado é exponcencial. Mark Zuckerberg e Jack Dorsey aprenderam a programar ainda crianças”, esclarece Cleffi, ao referir-se aos criadores do Facebook e Twitter. “A MadCode acredita que as crianças e adolescentes que dominarem esta nova linguagem se destacarão nos diversos campos profissionais que escolherem seguir como carreira.” Ele enfatiza que conhecer e dominar essas habilidades é tão importante atualmente quanto foi no passado falar uma segunda ou terceira língua. Servirá para ampliar o repertório de pensamento do jovem ao mesmo tempo que o destacará no mercado de trabalho.

E a iniciativa da MadCode vem em boa hora. O País registra falta de programadores capacitados. Somente em 2014, mais de 40 mil vagas foram abertas e não foram preenchidas por falta de mão de obra especializada, a ponto de multinacionais brasileiras buscarem no exterior, profissionais capacitados na linguagem da tecnologia. Segundo a pesquisa da consultoria IDC, até 2015, 117 mil vagas ficarão abertas e não serão preenchidas. Somente a procura por profissionais na América Latina deve superar a oferta em 27% no próximo ano. Segundo a BRASSCOM, Associação Brasileira de Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação, o que piora o cenário é a evasão universitária que também registrou alta em 2014. Cerca de 87% dos matriculados em cursos de ciência da computação abandonaram a universidade antes de se formar.

Cursos de Férias:
Turmas nas semanas de 5 a 9, 12 a 16, 19 a 23 de Janeiro.
Horário: das 10h00 às 12h00 ou das 14h00 às 16h00.
Mais informações em: http://www.madcode.com.br/

1 Comment

  1. Leandro

    Primeiro??? Minha filha está matriculada na SuperGeeks desde o começo do ano. Alias, excelente escola de programação e robótica para crianças e ainda ensina inglês e empreendedorismo nas aulas. Minha filha ama a SuperGeeks.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *