Férias em movimento

Dentro da extensa programação de férias do Kids que Arrebentam, a Unibes Cultural apresenta o Corre Cutia, atividade lúdica para crianças de 4 a 10 anos, durante o final de semana de 28 e 29 de julho, em dois horários, 10h e 15h. A proposta é uma série de atividades físicas, onde as crianças se exercitam brincando.

Mexer o corpo com consciência e descontração é importante para o crescimento e o desenvolvimento das crianças. Deixa ossos, músculos e articulações mais fortes e melhora a flexibilidade, a postura e o equilíbrio, segundo o professor de educação física e coordenador do espaço, Romulo Venoso. Ele ainda complementa que, com as atividades físicas, as crianças aprendem novas habilidades enquanto se divertem, melhoram o foco e a concentração; além de promover interação com a socialização e os amigos.

Por acreditar fortemente que semear o gosto pela cultura desde a infância é cultivar adultos que serão mais conscientes do mundo e futuramente colherão uma sociedade mais sustentável, íntegra e diversificada. E por levar tão a sério a difusão da pluralidade cultural a diferentes pessoas, desde crianças até as que já flertam com a longevidade, a instituição busca ensinar brincando. A Unibes Cultural apresenta até o final do mês uma programação diversa para crianças de todas as idades. As atividades vão desde contação de histórias, jogos, apresentação de peças e filmes a curso para desenvolvimento de games.

Corre Cutia
Data: 28 e 29 de julho (sábado e domingo)
Horário: 10h às 11h e das 15h às 16h (em dois horários no final de semana)
Ingresso: Gratuito
Informações: http://unibescultural.org.br/calendario/corre-cutia-gratis-brincadeiras-e-exercicios-fisicos-criancas

Unibes Cultural
Rua Oscar Feire, 2500 – ao lado do Metrô Sumaré
Informações: 11 3065-4333 e http://unibescultural.org.br/
Funcionamento: De terça a domingo, das 10h às 19h
Acesso para deficientes |Ar condicionado |WI FI livre | Tem cafeteria
Estacionamentos conveniados: Rua Oscar Freire, 2617 | Rua Amália de Noronha, 127
Sugerimos o uso de transporte público

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *